50 coisas que aprendi com a pandemia

Faz um tempinho que não escrevo aqui no blog do Instituto.

Antes mesmo que a pandemia se instalasse nas nossas vidas, outras questões relativas à saúde me surpreenderam.

Percebi quantas coisas simples eu deixava passar, sem dar a devida importância que a simplicidade que ronda nossa vida, merece.

Abaixo, 50 (cinquenta - por enquanto) coisas que eu aprendi enquanto minha vida estava de cabeça para baixo:


  1. Que saúde deve vir em primeiro lugar (aqui incluo saúde mental também)

  2. A respirar mais

  3. A acreditar mais

  4. A chorar quando necessário

  5. A Sonhar mais

  6. Se preocupar menos

  7. Ter mais Fé

  8. Meditar mais (mais mais e mais)

  9. Agradecer mais

  10. Perdoar mais (especialmente ME perdoar)

  11. Ter mais paciência (comigo principalmente)

  12. Que eu amo estudar coisas novas, mas odeio marketing digital (mas estou estudando assim mesmo).

  13. Que eu não preciso ser "suprassumo" em p@*&$a nenhuma (a menos que eu queira)

  14. Que eu posso fazer uma coisa de cada vez (como os homens bem nos ensinam)

  15. Que minhas neuras melhoram com Floral de Bach, Meditação e amigos

  16. Que saúde vem em primeiro lugar (aqui conta a saúde mental também) - Repeti para não esquecer

  17. Que eu gosto de ensinar as pessoas cuidarem do dinheiro delas;

  18. Que eu tenho "amigos" verdadeiros;

  19. Que um cardápio da minha amiga Luciana Maciel é excelente para recuperar uma perna quebrada e uma alma em frangalhos;

  20. Que "moxabustão" faz milagres; (para quem não conhece, é uma espécie de acupuntura térmica)

  21. Que eu sou muito "abençoada por ter vencido um câncer e em seguida uma perna quebrada (sem cirurgia), uma mudança de emprego de 29 anos e será que eu posso incluir aqui uma pandemia?

  22. Que meus filhos são maravilhosos, presentes e carinhosos e meu companheiro ajuda a amenizar os momentos de desespero, com muita paciência, carinho e fé;

  23. Que posso fazer "qualquer coisa", ou "não fazer nada" desde que eu queira;

  24. Que pessoas chegam para ensinar algo e se vão quando nada mais tem a acrescentar;

  25. Que quando as coisas não saem como queremos, é porque não ia ser tão bom quanto a gente pensava;

  26. Que eu tive vontade de desistir "Várias vezes" (mas a vontade passava sempre);

  27. Que se eu quero viver até os 100 anos, preciso cuidar da mente, do corpo, do espírito e do meu dinheiro;

  28. Que quando o assunto se resolve apenas com "o tempo" não há muita coisa a ser feita para acelerar o processo;

  29. Que eu posso ser ótima em algumas coisas, mediana em outras e péssima em muitas coisas, e tudo bem;

  30. Que a definição de "sucesso" não é igual para todas as pessoas;

  31. Que saúde vem em primeiro lugar (aqui incluo a saúde mental também)

  32. A beber mais água;

  33. Que meu guarda-roupa não me representa mais, e isso nada tem a ver com vaidade ou consumo;

  34. Que alguns cursos "online" são tão bons que eu não consigo acabar nunca, por excesso de conteúdo;

  35. Que EFT- Emotional Freedom Tecniques, Física Quântica, Psicologia Econômica, Ho'ponopono, Astrologia, Yoga Restaurativa, Reiki, Seicho-no-ie, Barra de Access, Acupuntura, Moxabustão, Floral, Oração, Meditação, Banhos Terapêuticos, Chá, são técnicas que deveriam ser conhecidas e praticadas por todas as pessoas. Posso garantir que temos aí um excelente pronto-socorro natural;

  36. Que o MEDO pode enlouquecer e até matar;

  37. Que o pôr-do-sol da minha sacada é um verdadeiro 'ESPETÁCULO'; (conforme você pode ver a foto desse texto)

  38. Que a empresa que eu trabalhei por 29 anos consegue sobreviver sem mim;

  39. Que eu não sou "aquilo que eu faço" no meu "emprego". A minha verdadeira essência, é muito mais difícil de ser reconhecida e certamente não está no meu emprego;

  40. Que é triste deixar amigos de "tantos anos" sem abraços, sem almoço de despedida e sem cerveja;

  41. Que saúde vem em primeiro lugar (aqui incluo a saúde mental também)

  42. Que é preciso ter vários SONHOS, mas especialmente, ficar de olho no caminho. É no caminho que estão nossos aprendizados;

  43. Que eu preciso comprar panelas novas; (a Luciana, o Cláudio e a Karina reclamaram).

  44. Que receber a notícia de um câncer e ao mesmo tempo a notícia da chegada da primeira netinha, não teve nada de coincidência. Foi bálsamo, esperança, força e fé redobrada;

  45. Que minhas famílias (a de sangue e aquelas outras que eu escolho ao longo do caminho), são simplesmente "porretas";

  46. Que eu tenho falhas. Falhas como empreendedora, como amiga, como mãe, como companheira, como filha, mas é o que consigo fazer por hora. (Posso melhorar depois, aos poucos, no meu tempo, sem me culpar por isso);

  47. Que meu violino está do mesmo jeito desde que ganhei. Nada de aula ainda.

  48. Que eu sei rezar e que DEUS existe (meu companheiro me ajuda nisso também);

  49. Que eu sou FELIZ, e muito abençoada por tudo (Família, Companheiro, Amigos, Clientes)

  50. Que eu sou grata por tudo isso e muito, muito mais;

É certo que muitas coisas ainda surgirão nessa lista. Estou atualizando diariamente. Isso me traz clareza e me faz colocar as coisas boas como prioridade. Ajuda também a não me cobrar tanto.

E você já tem sua lista? Que tal fazer a sua. Você vai se surpreender com o efeito positivo que ela vai trazer.


LÚCIA HELENA CALADO

Naturopata





89 visualizações

Rua Visconde de Aguiar Toledo, 422 - Congonhas (Campo Belo)  - 11 5096-5554 - São Paulo - SP

WhatsApp: (11) 9 8229-1623 - institutoselem@gmail.com

© 2018 - Instituto Selem  >  By FCavalotti

  • Canal Selem Youtube
  • Página Selem Facebook
  • Perfil Selem Instagran